Cidade em Retratos: George Rotatori, pioneiro na construção de pistas de skate em SP

Compartilhar o conhecimento adquirido ao longo das últimas quatro décadas na arte de projetar e fazer pistas. Esse era o principal objetivo do skatista, bioconstrutor e arquiteto George Rotatori quando, em 2005, iniciou um projeto inovador embaixo da Ponte Ary Torres, na Vila Olímpia.

A Vivência em Construção de Pistas é realizada no CDC Arena Radical, na Praça Augusto Rademarker Grunewald, nº 37, um local que já recebe praticantes, não só de skate. “São dois dias. No sábado, entra a parte teórica e, no domingo, concluímos com a concretagem de um trecho de um “banks” que vai ficar como legado depois que todas as vivências forem realizadas. Recebemos muitos skatistas, mas também engenheiros e representantes de prefeituras”.

George Rotatori mora em São Bernardo do Campo e tem 54 anos de idade. Foi skatista profissional durante os anos 80. Na década seguinte, iniciou uma empresa especializada na construção de pistas. Pioneiro, foi responsável pela montagem da Mega Rampa durante edições da prova no Brasil, construiu as 20 pistas dos Centros Educacionais Unificados (CEUs), em São Paulo, e mais de 40 nos bairros do município.

Ouça mais uma edição do “Cidade em Retratos” com Arthur Covre.


Ouça a entrevista:

Categorias: entrevista.